.

.

Este militante anti-cinzentista adverte que o blogue poderá conter textos ou imagens socialmente chocantes, pelo que a sua execução incomodará algumas mentalidades mais conservadoras ou sensíveis, não pretendendo pactuar com o padronizado, correndo o risco de se tornar de difícil assimilação e aceitação para alguns leitores! Se isso ocorrer, então estará a alcançar os seus objectivos, agitando consciências acomodadas, automatizadas, adormecidas... ou anestesiadas por fórmulas e conceitos preconcebidos. Embora parte dos seus artigos possam "condimenta-se" com alguma "gíria", não confundirá "liberdade com libertinagem de expressão" no principio de que "a nossa liberdade termina onde começa a dos outros".(K.Marx). Apresentará o conteúdo dos seus posts de modo satírico, irónico, sarcástico e por vezes corrosivo, ou profundo e reflexivo, pausadamente, daí o insistente uso de reticências, para que no termo das suas análises, os ciberleitores olhem o mundo de uma maneira um pouco diferente... e tendam a "deixá-lo um bocadinho melhor do que o encontraram" (B.Powell).Na coluna à esquerda, o ciberleitor encontrará uma lista de blogues a consultar, abrangendo distintas correntes político-partidárias ou sociais, o que não significará a conotação ou a "rotulagem" do Cidadão com alguma delas... mas somente o enriquecimento com a sua abertura e análise às diferenciadas ideias e opiniões, porquanto os mesmos abordam temas pertinentes, actuais e válidos para todos nós, dando especial atenção aos "nossos" blogues autóctones. Uma acutilância daqui, uma ironia dali e uma dica do além... Ligue o som e passe por bons e espirituosos momentos...

sábado, 17 de abril de 2010

PINUS ERECTUS



PINUS ERECTUS


Isto das conversas são como as cerejas... ao puxar por uma, vêm logo três ou cinco atrás... e cá vai o embrião do centésimo quinto post!
Consequência do raid a Vale de Rãs, o Cidadão foi alertado in-loco para uma situação que se arrasta há meses a fio e até ao presente lhe tinha passado despercebida, pois não há que andar constantemente a olhar o céu... coisa que originaria uma dor de pescoço do camandro e poderiamos entrar em rota de colisão com postes mais materialistas! 
Entrementes surgiram alguns funcionários municipais naquele local, brigando com as ameias do pontão do afluente valderrãngenense e, não fosse o caso dos engenheiros autárquicos deterem poderes telepáticos adivinhando de antemão as intenções que se perfilavam neste cérebro marado, vai daí... alto lá e pára o baile!
Fez-se um compasso de espera na confecção deste trabalhito que ficaria por assim dizer em “áugas de cabalhau” e sem fundamento, perdendo todo o élãn caso houvesse antecipação da rapaziada municipal, o que seria de louvar, diga-se de passagem!...
E a semana veio-se, terminando molhadinha, sem que os laboriosos funcionários mexessem no busílis da questão...
Analisaríamos este in-fecto sob trigonométrica perspectiva... posto que estão em causa diferentes angulos... ou melhor, poder-se ia colher uma perspectiva diferente de seno, co-seno, tangente e co-tangente, triângulos rectângulos, catetos e hipotenusas, resultando numa secante, ou...
Mergulhados nos meandros da física, porquanto residem nele determinados vectores e uma sucessão no inter-potente alavancar!
Esta treta poderia sustentar-se nos conformes espirituais com bases teológicas bastante sólidas, pois um sujeito candidatar-se-á a ir para os anjinhos caso lhe caia o raio do tronco em cima, ao momento em que por lá desfila...
Pois sim... queríeis, não? 
Alinhemos pela botânica!
De diferentes categorias são as gimnospérmicas... algumas da família dos Pinaceae... embora para aqui seja chamada apenas uma, e só uma unidade do
 Pinus Pinea!
Vegetal de considerável envergadura, podendo atingir consideráveis trinta metros de altura, de copa sombria com éne polegadas de diâmetro, tronco robusto... suas pernadas suportando folhagem acicular e alguma pinha, acolhendo a semente dos pinhõezitos em seu seio... caros com'ó raio, mas óptimos quando ingeridos aos serões invernios... com o cházinho de tília á mistura.
Normalíssimo seria... o vegetal encontrar-se aprumado... firme e hirto, de tronco direito... na vertical por assim dizer, conforme o melhor ângulo para a absorção dos raios solares, procedendo á necessária fotossíntese!
Isso e a libertação de dióxido de carbono que não se vê, por andar de noite e ser escuro...
 Terá sido um desses robustos Pinus Pinea... Um valente
Pinus Erectus!
No caso em apreço fará uma fotossíntese irregular e deficiente libertação de dióxido de carbono, com inclinex de sessenta graus em relação à via pública, na medida em que a arbórea faz vénias aos incautos passantes.
Não tenhamos dúvidas que as raízes deste arbustivo se agarram a um solo desnudo de vegetação e em erosão progressiva, ajudada pela forcinha das correntes do regato intermitente e um tanto ou quanto salpicado de calhaus rolados, indiciador que há buééé, mêmo buééé da milléniuns, a região seria contemplada pelo jorrar de águas diluvianas! Não quer isto dizer que se trate de um arbórea dessa época, mas tudo leva a crer que para lá caminhe!
Corcovado sobre si, de pernadas desarticuladas, esgalhadas e de raízes ao léu, coitado... nunca poderemos afirmar que as árvores morrem de pé!
Envelhece... Ameaçando prostrar-se sobre a faixa de rodagem... no sentido da Chainça para o Vale de Rãs ou vice-versa, conforme o leitor circule.
Supureis quão desagradável seria, levardes com uma pinha no toutiço, quanto mais com o Pinus Pinea inteiro!!!
A partir deste momento, caros cibernautas, caras e caros automobilistas, minhas distraídas gentes, ao passardes nesse local erguei bem os vossos olhitos...e se ouvirdes um rachar de lenha, um escatchanar ou ranger de madeira, metei-vos a pau!
Arredai-vos, ponde-vos ao fresco, recuai, dai ás de vila diogo!
Se não fôr uma pinha, se não fôr uma galha...e se não fôr o super-homem... será certamente... o Pinus Pinea residente... desabando nos resquícios da sua erecção!
Para a próxima postagem cá o Cidadão abt irá relatar-vos a triste desventura proto-histórica que passou em terras da Aldeia do Mato ao tentar antecipar-se àquela gente que parte em demandas da mamôa!!!

6 comentários:

Anónimo disse...

Deixe lá, quando acontecer uma desgraça imediatamente resolvem o problema e apuram as responsabilidades. Será que apuram mesmo? Aqui em Abrantes as coisas só se resolvem nos limites.

Joaquim disse...

A 1/8 do mandato, alguém me sabe explicar que benefícios esta camara trouxe para a população de abrantes? Está o ps em maioria e está o psd, o ica, o cds o bloco e o pc, não é?

O Cidadão abt disse...

Para a Assembleia Municipal, de facto, ciber Joaquim...
Mas na a Câmara Municipal só moram o PS, o PSD e o ICA!

Viagens no meu Planeta disse...

Olá Cidadão.

Tenho andado um pouco arredado das lides cibernéticas, por falta de tempo e também por não ter internet em casa. De qualquer modo sempre que posso dou uma olhadela nas suas publicações que siguo com muito gosto.
A propósito desta, devo dizer que em Portugal, temos por habito resolver problemas quandos estes já causaram problemas ou dissabores a inocentes que se por ventura se encontram no local errado na hora errada.
Talvez fosse desejavel que se desse espaço a agências de advogados que lidassem com situações de negligência, quer de municípios quer de particulares e que as devidas indeminizações fossem pagas a quem sofre um acidente proveniente da negligência dos acima referidos. Nem era preciso chegar ao exagero Americano em que compensações são pediadas por tudo e por nada.

saudações cordiais

O Cidadão abt disse...

Cibercaro Tramagalense...


Ás tantas é isso mesmo!

Como todos os sectores estão em crise, será uma oportunidade para dar serviço aos advogados e não só!
Aos bombeiros, auto-reboques, aos serviços hospitalares, á industria farmacêutica, aos serviços de assistência á saúde pública, ás companhias de seguros que fazem imensa questão em descobrirem subterfúgios nas entrelinhas dos contratos quando tocam a desembolsar, consequentemente, aos advogados dessas ditas seguradoras, ás oficinas de bate-chapas e pintura, e quiçá, num caso ou outro... ás funerárias.

Toda uma máquina montada e disponível á prestação de serviços em torno do "pinus erectus"!

Boas bitáitadas tb para si.

O Cidadão abt disse...

Dois anos e meio após a publicação deste post, eram cerca das 10 horas da matina de hoje, dia 25 de Outubro de 2012, quando o pinus erectus quebrou...

Quebrou velho e triste pelo meio do ressequido tronco e, sob copiosa chuva, suas pernadas tombaram lânguidas e moribundas sobre o negro asfalto...

A árvore acabou amputada e os seus troços levados pelos cidadãos que em suas brasas nesta invernia se aquecerão...


Porque as árvores morrem de pé.

THE END