.

.

Este militante anti-cinzentista adverte que o blogue poderá conter textos ou imagens socialmente chocantes, pelo que a sua execução incomodará algumas mentalidades mais conservadoras ou sensíveis, não pretendendo pactuar com o padronizado, correndo o risco de se tornar de difícil assimilação e aceitação para alguns leitores! Se isso ocorrer, então estará a alcançar os seus objectivos, agitando consciências acomodadas, automatizadas, adormecidas... ou anestesiadas por fórmulas e conceitos preconcebidos. Embora parte dos seus artigos possam "condimenta-se" com alguma "gíria", não confundirá "liberdade com libertinagem de expressão" no principio de que "a nossa liberdade termina onde começa a dos outros".(K.Marx). Apresentará o conteúdo dos seus posts de modo satírico, irónico, sarcástico e por vezes corrosivo, ou profundo e reflexivo, pausadamente, daí o insistente uso de reticências, para que no termo das suas análises, os ciberleitores olhem o mundo de uma maneira um pouco diferente... e tendam a "deixá-lo um bocadinho melhor do que o encontraram" (B.Powell).Na coluna à esquerda, o ciberleitor encontrará uma lista de blogues a consultar, abrangendo distintas correntes político-partidárias ou sociais, o que não significará a conotação ou a "rotulagem" do Cidadão com alguma delas... mas somente o enriquecimento com a sua abertura e análise às diferenciadas ideias e opiniões, porquanto os mesmos abordam temas pertinentes, actuais e válidos para todos nós, dando especial atenção aos "nossos" blogues autóctones. Uma acutilância daqui, uma ironia dali e uma dica do além... Ligue o som e passe por bons e espirituosos momentos...

quinta-feira, 9 de julho de 2009

CENSORED










CENSORED




Eles andem aí!

Primeiro foi o

Palha de Abrantes





faunos, os vigilantes das causas da coisa




Depois… o

Zé da Cachoeira







De novo o

Palha de Abrantes II








Agora o

Táki-Tálem








São Us Blógus-Dei!





17 comentários:

Tramagalense disse...

Boas Cidadão

Segundo fiquei a perceber estes blogs foram removidos ou no mínimo forma cancelados pelo autor.
Como ainda sou muito verde nestas coisas dos blogs, diga-me o que na realidade se passou em relação a estes blogs. Obrigado.

Cidadão abt disse...

Olá Tramagalense:

O que estes blogues tinham em comum seria a acutilância objectiva com que abordavam assuntos no âmbito social e político, recorrendo por vezes a vocabulário menos próprio!
Este vocabulário constituirá a razão e argumento consistentes para o pedido de activação dos serviços de censura.
Se ninguém chamar a atenção dos administradores dos blogues, a coisa passar-lhe-à ao lado e até se estarão nas tintas para o pormenor.
È este, o ponto fraco que os fazem vulneráveis, pois teriam que ser mais subjectivos e menos objectivos.
Eram blogues que, de algum modo, incomodavam!
Nesta altura do "campeonato" a presença de tais blogues será inconveniente para uns quantos e há que maquilhar a casa! Avaliando o empenho é mais provável que tivessem sido removidos,
(deduzimos, através das informações que nos são prestadas), do que cancelados pelos próprios autores... cancelados talvez, se pressionados para o efeito.
Se bem analisar o funcionamento da administração dos blogues, acima existe um item linkável com o título "ASSINALAR BLOGUE". Segundo cá o ponto de vista, esse será o item preferido dos ciberleitores "QUEIXINHAS". Tudo aponta no sentido que alguns deles, de tão sensíveis que são pelas causas da coisa, não possam com uma "gata p'lo rabo", tendo feito activar a "caixa das queixas", preenchendo o formulário, vingando-se dos ressentimentos e dos desaguisados com a plena satisfação do seu ego!
Uma prática muito feia que cada vez mais se gasta nesta competitiva sociedade de interesses e consumos e de carência de diálogo!

Cabo disse...

Permita-me, caro cidadão, recordar os "VAMPIROS" do saudoso Zeca Afonso!
Será que os temos aí de novo? Será que eles "andem" aí?
Aproveitemos o dia 27 de Setembro para os meter numa urna de chumbo e lançá-los em alto mar.
Um abração do Cabo

Tramagalense disse...

boas Cidadão

Pois fiquei agora a saber que afinal a censura existe quando se ataca a "agendazita" local.
Pensava que isso só acontecia com a AGNEDA global.
Através do site da candidata do PS, dei uma vista de olhos num blog cheio de insultos a M Ferreira Leite, onde se confunde sarcasmo e humor com humilhações a uma presidente de um partido da oposição, só porque é isso mesmo oposição.
Já tive alguma simpatia pelo PS, mas essa simpatia está a desvanecer-se à medida que me apercebo do favorecimento politico a que se renderam. Começo mesmo a crer que Manuel Alegre tem alguma razão.

saudações tramagalenses

Maria Marques disse...

Olá!

Os "pidescos"trabalharão por conta de quem?
Imaginem!!!!

A minha memória transportou-me para tempos que ninguém deverá (ou deveria )ter o prazer de recordar .

Beijinhos.
Maria Marques

Cidadão abt disse...

Apesar do servidor do Blogspot anunciar o blogue Táki-Tálem removido há vários dias, este regressou em força, no seu melhor e respeitador estilo literário!

Aí vai a transcrição:


"O Táki-Tálem não desapareceu! Cuidado Cidadão Abt, o Governo fez sair uma lei contra os piratas!"

"O cidadão abt é um grande precipitado! Sai em serviço da fábrica até França. Lá, ao aceder ao Taki houve um problema que limpou todos os conteúdos do blogue. Agora que cheguei da viagem de trabalho muito proveitosa e com uns dias de férias levei o computador ao informático lá da fábrica e tudo voltou ao normal.
Censura, censurado, etc, foram logo os argumentos arranjados pelo parvalhão do cidadão que vê-se logo que é abrantino e espelha claramente a mente e a figura abrantina ao melhor estilo.
Por isso é que nunca vamos a lado nenhum.
É só figuras o que ele sabe fazer como aquelas que me disseram que andou a fazer durante a FICA. Coitado…Cura-te meu, e da próxima respeita mais o Takí- Talem."

Publicada por TÁ Ki-TÁ LÉM em 12:20


Como cá o "parvalhão" do Cidadão é de palavra, antes assim seja.

PARABÉNS E FELICIDADES NAS SUAS BLOGAGENS!

Maria Marques disse...

Olá amigo cidadão!
Então o seu engano quanto ao blogue
Táki-Tálem resultou nessa reacção"estranha" do seu proprietário?
Porquê tamanho despropósito?
Parvoíce e tacanhez são adjectivos que não reconheço no cidadão,logo,não se aplicam.Idoneidade e inteligência é o que transparece nos seus textos e essas características são reconhecidas pela grande maioria dos cibernautas que apreciam o blogue do cidadão.
Uma análise (não necessariamente muito aturada),permitir-nos-ia concluir que o dito senhor Táki-Tálem está psicologicamente fragilizado( talvez pelo facto do cansaço provocado pelas viagens pois estar aqui e além não será propriamente confortável!

Um abraço ao cidadão abt que faz o favor de nos transmitir o seu valor através deste blogue.
E, já agora,aconselho os jovens a dedicarem algum do seu tempo à leitura do mesmo ,pelo facto de ser realmente enriquecedor.

Maria Marques

homem da luta disse...

ho amigo cidadão, não ligue ao que essa tentativa de imitação do "zé da cachoeira" diz..

Anónimo disse...

Òh! cidadão!É a primeira vez que comento mas tenho seguido o seu trabalho com bastante interesse.Gostei da sua atitude!Voc~e está correcto. Voc~e não perca o entusiasmo! Continue a blogar que você tem exercido cidadania com o seu esp+irito crítico e corrosivo com alguns resultados práticos a nosso favor, que saltam á vista e sem diminuir ou faltar ao respeito ás pessoas de Abrantes.

Abrantina e com muito orgulho em o ser!

Fátima.

Cidadão abt disse...

Olá, homem da luta!

Supunha cá o Cidadão que você tivesse perdido a pedalada.

"Seja bem regressado" e veja lá... não se melindre com esta observação... tá?

Eh! Eh! Eh! Altas nóias, mêmo!

Cidadão abt disse...

Olá Fátima.

Obrigado pelo reconhecimento e pelo incentivo.

Cabo disse...

Também eu me quero associar a outros comentadores que criticaram a atitude do Sr Taki-Talem. Achei de todo inconvenientes os termos que utilizou apenas para dizer que o seu quital (que não é de Abrantes) estava a arder. Dá-me a impressão que se vislumbra qualquer siumite!
Caro cidadão aguente-se por muitos e bons anos e continue, pois vai pelo bom caminho. Continue com a caravana.
Um abraço.

Artur :) disse...

Caro Cidadão, por favor, publique-me este comentário!

Quando li esta transcrição de um artigo jocoso do senhor Táki-Tálem, fiquei deveras impressionado com a leveza do texto e, antes de comentar este artigo, pus-me em campo, fazendo algumas diligências telefónicas e mails para pessoal de confiança aí da zona de Abrantes, inteirarndo-me não só mas também sobre o tal comportamento do Cidadão.
Depois de adquiridos o dados, não fosse errar,cheguei á conclusão que aqui o precipitado será tão só o sennhor Táqui-Tálem. Em primeiro, porque afirma que foi ele o provocador da remoção do seu próprio blogue devido a problemas técnicos no computador pessoal, querendo fazer passar a idéia que o servidor Blogger reside dentro do seu próprio PC, tal como se os personagens de uma novela se encontrassem dentro do aparelho televisor. Logo a partir deste ponto, esquece-se que quando escreve para a internet, a coisa comporta uma difusão difusão universal, lida por toda a gente, lerdos e não lerdos, entendidos e não entendidos na matéria. A precipitação desse senhor prosegue,ao não discernir que o texto do Cidadão é uma mensagem de solidariedade sem olhar a preconceitos e que esse senhor o interpretou como pura ofensa pessoal. Temos neste ponto, um problema de alter-ego em expansão. Alter-ego, pois esse senhor transforma a sua personalidade quando posto frente a um teclado e a um monitor. Alter-ego em duplicidade, quando afirma insistentemente ter regressado de uma viagem a França em serviço ou de férias. Provávelmente agravado pelo facto de se ter metamorfeseado por muitas horas ao volante. Logo se regista por uma desorientação nos fusos. Sérá o género de indivíduo que se sente imensamente importante se alguém lhe der a mínima atenção.
Adjectiva o Cidadão de parvalhão, e aí sim, o senhor Táqui-Tálem tem toda a sua razão na medida em que o Cidadão lhe deveria ter conferido total desprezo e nulidade de importância. Mais grave será a análise que esse senhor faz a respeito da figura do povo Abrantino que é completamente desconsiderado no seu conceito, englobado no mesmo pacote de parvalhão. Aqui, mais uma vez se precipitou, sentindo-se herói por conta própria, apesar de não ser um herói. Afinal quais os objectivos das intervenções e da razão de existir do blogue deste senhor Táqui-Tálem? Educar o povo Abrantino quando o próprio não o consegue alcançar? Para além da linguagem menos digna que este amigalhaço do povo Abrantino utiliza, poderá ele enumerar os efeitos práticos obtidos até ao presente com as suas intervenções, que benificiassem esse mesmo povo com que ele tanto se preocupa e por quem se debate? Ou os interesses que ele advoga serão antes em proveito próprio? Segundo informações de pessoal daí e retirando dos comentários, da parte do Cidadão já parece terem surgido alguns efeitos práticos de cidadania, e porque será?

Como já o afirmei, inteirei-me por familiares que estiveram presentes nessa feira industrial e comercial que até conhecem o visado Cidadão, respondendo-me surpresos que esteve por lá escasas horas do primeiro dia, vibrou com um concerto de música de um grupo da região e abalou, nunca mais se lhe tendo posto a vista em cima nos dias seguintes, logo não se lhe vislumbrou qualquer figura triste, por exemplo que de longe se comparasse com aqueles outros senhores que por lá deambulavam com os cérebros encharcados em álcool... portanto, senhor Táki, o primeiro lado onde o senhor terá que se deslocar, será mesmo a um psicólogo porque você ê que não se encontra nada bem! Depois de se tratar,irá reparar que todos os Abrantinos irão a lado algum e você até os irá analisar com outros olhos!

Cidadão abt disse...

Eia, Artur!

Isso é que é "falar"!

É para manifestar a sua solidariedade... não é?!

Veja lá bem...

Cidadão abt disse...

Alô, Cabo d'Azinhaga!

Será uma questão de competitividade na coisa?
Sabe que Cá o Cidadão durante estes dias, já foi abordado por várias pessoas, no café e assim, que o têm felicitado pela "reacção civilizada" perante o assunto vertido!
É que não deixam um tipo ser modesto!!!
Isto está a dar um protagonismo que um tipo até se torna mui importante, catano!

Agora falta ajeitar cá a pala do ôlho!

Anónimo disse...

Correcto e afirmativo ó amigo artur.
Eu diria que para se aceder á internet deveriamos precisar de um atestado de aptidão psicológica e um curso básico de informática para não se cometerem disparates e depois recorrer aos nformáticos das fábricas. Deiam um desconto a esse senhor Táki porque ele naturalmente não sabe exprimir as suas idéias de outra maneira. Será a razão para não abrir a secção de comentários no seu blogue. Depois como é que reagiria aos comentários? Uma neura. Ia jurar que o tinha visto na FICA, mas devo estar enganado.
Joaquim

Cidadão abt disse...

Cita-se:

"Nota absolutamente final: com tudo isto, está posto ponto final na polémica. Não quero mais escrever sobre o assunto e encerre-o também Sr. Cidadão Abt. Trilhe o seu caminho que farei o mesmo...
Publicada por TÁ Ki-TÁ LÉM em 15:43"


Ò pessoal!
Apesar de cá o "Cidadão abt" ao fim deste dia de trabalho ter encontrado éne comentários entupindo sua caixita dos pirolitos, a pedido do Mister Táki-Tálém sobre este assunto jamais algum será publicado.
Portanto escusam de continuar a bitáitar xe faz favor!

Gracias.